DA PEDAGOGIA PARA A DEMAGOGIA – O PAPEL SOCIAL DO EDUCADOR

Está claro que o mundo e principalmente o Brasil precisa revisar os paradigmas atuais na área da educação social, familiar e sistêmica. Para haverem mudanças as gerações antigas precisam ser afastadas ou conscientizadas assim como as novas gerações sobre suas responsabilidades sociais. Quem para no tempo também para de produzir efetivamente bons resultados e apenas propaga paradigmas errados e que geram todo o looping dos mesmos erros sendo cometidos na história da humanidade.  O papel da educação e do educador é coisa séria e influencia toda uma sociedade.

Continuar lendo

Anúncios

A IMPORTÂNCIA PATERNA E O ABANDONO AFETIVO DOS HOMENS BRASILEIROS

A sociedade brasileira passa por um processo de abandono afetivo e de lares por grande parte dos homens brasileiros onde nossa sociedade enquadra-se atualmente como uma sociedade matriarcal, ou seja, as mulheres estão assumindo sozinhas o papel de liderança e sustento da família. Este abandono afetivo abrange todas as classes sociais porém as de classe social menos favorecidas e as mulheres negras são as que mais são vítimas desse abandono. O número de divórcios e abandonos nos lares brasileiros está crescente e preocupante. Continuar lendo

A NEGATIVIDADE NO MUNDO E AS PESSOAS TÓXICAS

Os feriados religiosos são ótimas oportunidades para conscientizar pessoas, onde elas usam esses feriados religiosos para falarem do amor, compreensão ao próximo etc e muita demagogia sobre como elas verdadeiramente se comportam no dia a dia. Bom, o planeta está repleto de pessoas tóxicas que poluem a psique coletiva há séculos mas o que isso significa? Encontramos pessoas tóxicas em todos os lugares todos os dias o tempo todo e inclusive dentro do próprio núcleo familiar. Continuar lendo

VERIDIS QUO – DUALIDADE DA ALEGORIA DA DOR E DO PRAZER

Veridis quo é uma palavra de origem do latim e significa finalidade da verdade. Afinal você é honesto com você mesmo? As pessoas são honestas diariamente? Se fossemos mais honestos como será que a humanidade caminharia? E as nossas relações pessoais? Ser verdadeiro consigo mesmo e com o mundo é algo muito difícil, seria o verdadeiro encontro com o nosso SELF, ou seja, a nossa verdadeira essência sem as nossas máscaras que vamos vestindo desde a nossa infância como forma de nos adaptarmos socialmente através das nossas crenças e das expectativas que o mundo externo deposita sobre nós.

Continuar lendo

MEU FILHO CAMPEÃO – POR TRÁS DESSA HISTÓRIA

Todo pai precisa ser consciente que está colocando uma alma no mundo. Essa alma terá seu próprio propósito na existência dela e o caminho a ser trilhado é do filho, mas infelizmente muitos pais depositam frustrações em cima dessa criação e muitos forçam a barra no que diz respeito as próprias escolhas que essa criança deveria tomar e ser. Essa pressão principalmente em questão de profissões geram adultos frustrados, problemáticos e totalmente longe da missão de vida deles. Os pais colocam crenças que irão atrapalhar toda a vida adulta do próprio filho gerando adultos inconscientes e que levarão uma vida perdida procurando o próprio propósito após se conscientizarem que não era o dinheiro e sim o que a pessoa gosta de fazer que traz a satisfação e a realização profissional. Estou cansada de ver pessoas que crescem e se tornam adultas e com muito arrependimento soltam: trabalhei no mercado financeiro mas meu sonho era ser bailarina!

Continuar lendo

O PODER DA MENTE

O poder da mente é impressionante mas infelizmente a maioria da população mundial não o desenvolve e não utiliza grande parte das potencialidades do cérebro. Grande parte da população erudita detém grande parte do conhecimento tornando a ignorância e manipulação da população mundial sob controle e assim mantendo- se em um patamar de riqueza e poder. A maioria das pessoas no mundo encontram-se inconscientes e se colocam nessa situação agindo como verdadeiras ovelhinhas. Usar o cérebro no modo automático causa sérios danos sociais. O mundo inteiro está sendo manipulado todos os dias, sabia? Continuar lendo

A ARTE DE CATIVAR – O AMOR E OS VÍNCULOS DA ALMA

A consciência que o amor é importante na vida humana é consenso de cerca de 97% da população mundial sendo um valor racional mesmo sendo algo subjetivo. Porém, o consenso do que é o amor ou como é ele deve ser vivido é a grande questão e um problema em nossa escolarização no planeta. Todos nós viemos experimentar o sentimento do amor verdadeiro porém nos perdemos em nosso processo de aprendizado e ficamos perdidos em como amar ou entender como funciona verdadeiramente o amor. Aliás, conforme vamos crescendo percebemos o quanto somos deficientes de amor no planeta e em questão de amar, o quanto precisamos muitas vezes de líderes religiosos para nos lembrar da importância do amor na nossa humanidade.

Continuar lendo

INVEJA – O OLHAR DA PSICOLOGIA

A inveja é um componente tóxico psíquico e remete a sentimentos primitivos como os infantis de quando eu não consigo coisas por mérito próprio e me frustro ou admiro e olho para o do outro que está com o objeto por apropriação própria cria-se o sentimento de inveja pelo Complexo de Inferioridade ou de Superioridade, onde a pessoa se rebaixa demais ou se acha demais perante aos outros. A maioria das pessoas que permitem esse tipo de sentimento de forma inconsciente ou não, torna-se um ser que precisa de muita ajuda nas questões emocionais sendo a inveja um chamado para resolvê-las e não desperdiçar a própria jornada. Normalmente são pessoas com frustrações pessoais e que se alimentam da energia positiva dos outros onde podemos criar a analogia com pessoas sem luz buscando nos outros o pertencimento da personalidade própria ou até mesmo um pouco da luz do outro já que não consegue criar por si mesmo. É o desejo de atributos, posses, status ou habilidade de outras pessoas. Apesar de todos nos sentirmos algumas vezes, é difícil admitirmos. A inveja é um sentimento controverso, indica algo positivo que desperta algo negativo. Outro nome comum para a inveja é o olho gordo, muito utilizado pelas pessoas mais espiritualizadas.  Continuar lendo